Quem sou eu

Minha foto
Não, este post não é para você. Não, não... essas palavras não são indiretas, apesar de serem bem diretas. Não é para ele, ou para ela. Não. Eu não escrevo para um indivíduo em especial ou para personagens aleatórios, o trecho dessa música não foi pensando nele, entenda - Há alguém, mais do que qualquer outra pessoa, que me interessa ver minhas mensagens. Há uma única pessoa que eu desejo que veja o que eu escrevo, e lembre, e veja, e sinta, o que eu senti quando escrevi. Há alguém que eu quero que lembre de mim, e este alguém sou eu. Luciana Fonseca ;D

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Meu amor, essa é a última oração...


[Oração - A banda mais bonita da cidade ]

6 comentários:

  1. Plágio descarado do clipe de “There’s an Arc”, do sexteto canadense Hey Rosetta! Conseguiu encantar tantas almas carentes. Talvez esta carência coletiva precise mesmo de um grupinho de amigos fofinhos, cantando dezenas de vezes uma mesma estrofe enquanto dão um rolê por uma casa que mais parece uma república de estudantes de alguma universidade no interior do Paraná, tudo como agente catalisador de uma pretensa “felicidade coletiva”, como se a vida fosse uma “festa de firma” universitária, a Banda Mais Bonita da Cidade e seu som zumbificante e plasticamente alegre, “cheirando a café quentinho e bolo de fubá”.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, o refrão tem um sentido interessante, mas 6 minutos cantando a mesma coisa... fica um pouquinhooooo chato... rs
    Tirando o primeiro cara q começa cantando, a banda ate que e boa...!! rs

    Como ja dizia o majestoso chacrinha... "no mundo nada se cria tudo se copia"
    Tento entender o que se passa na cabeça de alguem para escrever "Talvez esta carência coletiva precise mesmo de um grupinho de amigos fofinhos"
    Pretenção em se achar alguem autosuficiente?? patologia psicologica???
    O que precisamos mais no mundo são grupinhos de amigos fofinhos, onde se reuniem para coisas simples, como cantarolar dezenas de vezes um refrão com um sentido ate que bonitinho..."Meu amor, essa e a ultima oração...pra salvar seu coração..."

    As pessoas levam a vida muito a serio, e por isso que andam stressadas, encomodando a vida dos outros... temos que aprender a levar a vida como uma "festa", com seus foras, e dentros, mas tudo numa boa... relax... rs

    Anonimato... ou covardia ou vergonha... no caso acima, deve ser covardia, mas não entrarei em detalhes... :p

    Ah... cheirinho de cafe e uma delicia, juntando um bolo de fuba.... hummmm... me deu agua na boca...

    Lu muito boa a postagem... Xeru no oi!!! rss

    ResponderExcluir
  3. De fato Daniel, concordo plenamente! Que graça tem ficar julgando os outros dessa forma? ou é deficiência emocional ou é a incapacidade de poder se relacionar com as pessoas, decentemente. Afinal, a pessoa que ousa escrever algo do tipo nem sequer conhece as palavras simplicidade, cumplicidade, amizade...mas enfim, nem todos podem desfrutar de uma bela amizade como nós três desfrutamos. Inveja é foda! a pessoa se remoi , se doi, se corrói, simplesmente pq não foi capaz te atingir o que ela mais queria.Aí a perda e frustração tomam conta de tal forma que pessoa chega a esse nível.... dicícil? patético!

    ResponderExcluir
  4. Lu, amiga, esse tipo de coisa a gente ignora, joga fora, deleta, da CTRL ALT DEL e bola pra frente, pq o que não se faz por merecer n será digno de uma resposta satisfatória... bjo, cochi!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Que achou? ;D